agosto

7

Escritório de contabilidade no Brasil – Novas tendências

Manter um profissional contábil no quadro da empresa pode ser custoso, não apenas pelo valor do salário do contador, a cada dia mais concorrido,  mas pela equipe que é necessária para manter toda atividade internamente. Já foi o tempo em que apenas uma pessoa conseguir fazer toda a contabilidade e ainda o departamento pessoal da empresa, mesmo das pequenas.

Assim os escritórios de Contabilidade estão a cada dia com mais clientes.

E devido a complexidade da contabilidade brasileira, também já foi o tempo em que o proprietário do Escritório Contábil contratava pessoas sem qualificação alguma para aprenderem serviços fiscais e contábeis em troca de um salário baixo.

Primeiro devido a complexidade das apurações atuais; segundo devido a dificuldade de um leigo se dedicar a assuntos cada vez mais trabalhosos.

Dessa forma o planejamento da estrutura organizacional dos escritórios contábeis devem ser reavaliados urgentemente.

Mesmo com a contratação de alunos de Ciências Contábeis para aprendizado fiscal contábil como mão de obra barata – está se tornando inviável – pela acelerada demanda de serviços e impossibilidade de treinamento veloz.

Um escritório deve ter setores bem definidos e mão de obra qualificada em quantidade que promova a garantia da continuidade dos serviços.

O comando de um exército obedece ao mesmo princípio do controle de um pequeno grupamento de soldados; é meramente uma questão de organizar as divisões em grupos. (Sun Tzu, Arte da Guerra)

Departamentos essenciais:

  • Contábil
  • Fiscal
  • Despachadoria
  • RH

Com esses departamentos bem estruturados, o empresário de contabilidade deve gerenciar equipes para cada departamento de forma que os colaboradores consigam qualidade de vida com pelo menos o mínimo de seus direitos, como saída real de férias garantidos.

O stress no ramo é alto, e a fuga de mão de obra é intensa. Seja para outras empresas, outras profissões ou mesmo por doenças. Todas ligadas a exigência de melhor qualidade de vida para os colaboradores.

Quanto mais dividir os serviços mais garantias a empresa contábil possui. Ter um funcionário que “faz tudo” pode ser um problema futuro, pois facilmente se demite e passa a buscar clientes próprios.

Com a divisão das tarefas o escritório consegue especializar funcionários, aumentar a qualidade e ainda evitando criar concorrentes dele mesmo no futuro.

Mas não é só isso. Qualidade de vida, respeitos aos direitos de férias principalmente e bons salários se tornam cada vez mais essenciais no mundo contábil.

Sem contar que pagar menos de R$ 2.000,00 num pequeno mercado a um técnico sem formação curricular que opera a parte fiscal da empresa torna-se a cada dia menos inviável.

E trabalhar com funcionários inexperientes – igualmente sem condições de conhecimento e técnico – por outro lado pode ser um grande problema, com surgimento de falhas, erros, multas.

Portanto, ou os escritórios Contábeis investem em pessoal desde já, com treinamentos internos e quantidade de funcionários com folga capazes ou terão que captar do mercado de trabalhos profissionais já atuantes. E certamente com salários bem mais acima da média.

Analista contábil
“Outro destaque é o profissional que atua como analista contábil. A valorização é maior caso ele tenha conhecimentos das normas internacionais de contabilidade e domínio fluente na língua inglesa. O analista contábil com experiência entre seis e nove anos de experiência tem teto salarial de R$ 7,5 mil no Guia Salarial de 2011-2012, enquanto no ano anterior chegava a R$ 6 mil.”  Spedito.

Os clientes devem pagar o custo pela qualidade, confiabilidade, exatidão e trabalho. Picaretas na área contábil é o que mais existe. Quem não quiser pagar pela qualidade que fique com eles.

E os empresários devem ficar atentos. O pior é descobrir somente depois de dois ou mais anos pagando honorários que nada  ou muito pouco foi feito na área fiscal e contábil da empresa…

O Governo está revolucionando a parte fiscal e contábil no Brasil e os Escritórios devem repassar esse custo para seus clientes. E obviamente seus clientes – pessoas físicas e jurídicas – devem repassar esses custos para seus produtos e serviços…

Para todos nós pagarmos a conta.

 

Artigos Relacionadas:

Related Posts with Thumbnails

Use Facebook to Comment on this Post

RSS Feed

No comments yet.

Leave a comment

« | »

A Arte da Guerra - Sun Tzu Abertura de Empresa Buscar Emprego via Internet Combatendo Vírus na Rede Como configurar acesso a câmeras via internet Como criar um blog profissional com renda Como Evitar vírus de e-mail e cliques Como Pesquisar no Google e Achar Tudo Compartilhar internet móvel 3G Configurar Roteador com Internet Contabilidade Pública Eliminando vírus da rede II Eliminando vírus remotamente Escolher a melhor placa mãe Formatação Limpa Ganhando Dinheiro e Emprego na Internet Gerenciamento de Risco de Perícia Contábil Gerenciamento do Projeto de Aeromodelo de Isopor Gerenciamento e Controle de Projetos Implantação da Nota Fiscal Eletrônica Jogo Stock em delphi - download exe e fonte Lucro Presumido ou Lucro Real ? Manutenção em computadores via internet Maximizando pesquisas na Internet Melhor Ferramenta de Boot Monografia Montando Computador para Estação de Câmera de Segurança Montando um Aeromodelo de Isopor My Playlist para violão My Programlist - Softwares básicos para instalar computador formatado Notebook Lento Placa mãe Asus P5N Preparando soft de câmera Programas free de Backup Qual a melhor Opçao: Lucro Real ou Presumido. Recuperando sistema atacado por vírus Rediscagem e conexão automática de internet móvel Reparar o Skype corrompido e o perdão Resumo dos Tipos Societários Segredo da boa seleção de gerentes Segurança da Informação Soft gratuitos de projeto Virus na rede Vírus Vampiro sugando internet Windows Mobile - Melhores programas free e guia